Mar Verde: A operação que nunca existiu

António Luís Marinho 21 de novembro de 2020

Assinalam-se a 22 de novembro 50 anos que, numa madrugada de domingo, Alpoim Calvão e Spínola tentaram um golpe de Estado (que falhou) em Conacri. Portugal nunca assumiu a operação.

22 de novembro de 1970. O bar Yacht Club de Conakry está quase cheio. Na tranquila madrugada de domingo, à uma e meia da manhã, alguns pares dançam naquele que é um dos melhores locais de lazer da capital da República da Guiné, situado num local privilegiado, à beira-mar. Alguns clientes veem passar militares armados mas não dão importância ao facto. Os militares fazem parte do quotidiano da cidade, capital do país governado com mão de ferro, desde a sua independência, em 1958, por Sekou Touré, um antigo sindicalista com formação marxista.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais