Homem abusa sexualmente e engravida enteada menor no Grande Porto

Lusa 10 de novembro de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 20 a 26 de janeiro
As mais lidas

A vítima, uma menina nascida em 2002, vivia com a sua mãe e o arguido, companheiro desta, desde os cinco anos.

O Ministério Público (MP) acusou um padrasto de abusos sexuais contra uma enteada, que viria a engravidar do arguido, crimes cometidos entre 2012 e 2020, nas casas de residência da família, situadas no Grande Porto.

Justiça xxx
Justiça xxx

Segundo uma nota publicada na página da Internet da Procuradoria-Geral Distrital Porto (PGDP), o "Ministério Público considerou indiciado que a vítima, uma menina nascida em 2002, vivia com a sua mãe e o arguido, companheiro desta, desde os 5 anos", primeiro em Valongo e depois em Gondomar, distrito do Porto.

"E que o arguido, de 2012 a 2020, nas casas de residência da família e também numa que reconstruía, sita em Rio Tinto [Gondomar, distrito do Porto], manteve trato sexual com esta filha da sua companheira, aproveitando-se dos momentos que passava a sós com ela, chegando a dar causa à sua gravidez", refere a PGDP, num resumo da acusação do Ministério Público, no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP), da Procuradoria da República do Porto, Gondomar, 1.ª secção.

A acusação foi deduzida em 4 de setembro deste ano, estando o arguido acusado de um crime de abuso sexual de crianças agravado, de um crime de abuso sexual de menores dependentes e de um crime de ofensa à integridade física simples.

O homem está ainda acusado de, em maio deste ano, "no decurso de uma discussão, ter desferido várias bofetadas na vítima".

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais