Grupo de polícias leva ajuda a vítimas dos fogos em quatro carrinhas

Joana Timóteo com Leonor Riso 23 de outubro de 2017

Durante o dia e noite de sábado, distribuíram roupa e “tudo o que desse jeito a alguém que perdeu tudo” no distrito de Coimbra.


A vontade de ajudar um colega rapidamente se tornou numa onda de solidariedade para com as vítimas dos incêndios no distrito de Coimbra.
Seis polícias de Sintra conseguiram encher quatro carrinhas com roupa, mobília e utensílios para entregar às vítimas dos fogos, segundo o jornal Público

Queriam ajudar um colega que perdera a casa no Pinheirinho, uma aldeia na fronteira dos concelhos de Oliveira do Hospital, Arganil e Tábua, por isso, Luís Moreira, agente da PSP de Mem Martins, e os colegas começaram a recolher roupa e "tudo o que desse jeito a alguém que perdeu tudo".

Os polícias e as suas famílias começaram a recolha mas depressa chegou ajuda de "todo o lado" e em vez de encherem uma carrinha, que era o plano inicial, encheram quatro. A comida recolhida deu para lotar mais um carro, de acordo com o diário.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais