Governo vai decidir faltas dos enfermeiros "caso a caso"

Jornal de Negócios 19 de fevereiro de 2019

Na sequência do parecer da PGR, que declarou a greve ilegal, o Governo decidiu que vai marcar faltas injustificadas numa avaliação "caso a caso". E a todos os ausentes a partir de amanhã.

O Ministério da Saúde vai dar orientações para que os hospitais analisem "caso a caso" as faltas a atribuir aos enfermeiros que participaram na greve, sendo certo que as ausências registadas a partir de amanhã vão sempre implicar faltas injustificadas.

"A Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) irá emitir uma circular informativa aos hospitais ainda hoje, com orientações relativas aos procedimentos a adotar para cumprimento do parecer, competindo aos hospitais afetados pela greve a posterior operacionalização", responde ao Negócios fonte oficial do Ministério da Saúde.

Associação Sindical dos Enfermeiros suspende greve

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais