Filhos do presidente do Santander também estão infectados com coronavírus

Filhos do presidente do Santander também estão infectados com coronavírus
Bruno Faria Lopes 18 de março de 2020

Família foi infectada no norte de Itália. António Vieira Monteiro tinha carreira de 50 anos na banca, onde ganhara reputação e influência.


António Vieira Monteiro, presidente do banco Santander e a segunda vítima mortal do coronavírus em Portugal,  foi infectado no Norte de Itália, onde se deslocou para umas férias na neve, hábito que praticava anualmente com a família. O gestor estava de boa saúde e fazia exercício de forma regular.

Esteve primeiro de quarentena em sua casa, em Lisboa, sem sintomas e por precaução. Após ter ficado doente foi hospitalizado, noticiam vários media, tendo acabado por morrer no hospital de são José. A TVI noticia que dois dos seus filhos estão também infectados com o novo coronavírus.

Vieira Monteiro estava na administração do Santander desde 2004 e liderou o banco num dos períodos mais conturbados da economia portuguesa, o programa da troika. Tinha boa reputação no meio financeiro português. "Era muito respeitado no sector", afirma o economista e ex-administrador da Caixa, António Nogueira Leite. "Era competente, tinha bastante capacidade de intervenção e de gestão", acrescenta.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais