Covid-19: juízes recusam-se a fazer julgamentos em salas sem condições de proteção

Covid-19: juízes recusam-se a fazer julgamentos em salas sem condições de proteção
SÁBADO 03 de junho de 2020

Associação sindical pede que tribunais garantam arejamento e higienização das salas de audiências e insta os magistrados a não julgarem casos enquanto estas condições não existam.

Associação Sindical de Juízes Portugueses aconselha os magistrados a recusarem-se a fazer julgamentos em salas de audiências que não garantam condições sanitárias suficientes para enfrentar a pandemia de covid-19, como por exemplo, o arejamento das salas de audiências, avança o jornal Público.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais