Busca ao escritório do ex-presidente da RTP

Os investigadores continuam atrás dos milhões de euros de Armando Vara e da filha. Agora, o alvo é uma offshore e a permuta de um apartamento

Os investigadores da Operação Marquês ainda estão a apurar a totalidade do circuito financeiro dos milhões de euros que Armando Vara e a filha Bárbara esconderam em offshores, com contas na Suíça. A 22 de Maio passado, foi feita mais uma busca neste âmbito, desta vez nas instalações do Porto que servem de escritório à sociedade de advogados detida por um dos melhores amigos de Vara, o antigo presidente da RTP (2000/02), João Carlos Silva.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais