Proibido voltar a falhar
Ana Rita Cavaco
01 de março

Proibido voltar a falhar

Agora, mais do que nunca, é preciso provar que aprendemos alguma coisa com tudo isto. Já passou um ano. Não são admissíveis mais erros e faltas de planeamento.

O pior que nos podia acontecer seria, na Páscoa, cometer o mesmo erro que cometemos no Natal. É por isso que antes de falar de desconfinamento, é preciso olhar para o nível de esforço em que ainda está o Sistema Nacional de Saúde.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais