Desconfinamento
José Pacheco Pereira Professor
08 de abril

Desconfinamento

A ideia de que seria possível alterar as sondagens subindo o tom das críticas, ou radicalizando o discurso, como querem os adversários de Rio, é completamente errada. O problema é outro, é fazer as críticas certas.

A alegria, e quase fúria, com que as pessoas se atiraram para as esplanadas no primeiro dia de um confinamento muito parcial mostra bem como estes meses em casa pesaram. Ajuntamentos há por todo o lado – acabei agora de ver um jardim onde há uma pequena esplanada cheia de gente, sem distância, sem máscara, sem nada. É compreensível, mas não sei se vamos ter consequências. Talvez não. Para um firme partidário da Lei de Murphy, dizer "talvez não" é muito pouco racional e pouco conforme à dita lei. É wishful thinking e nem os mais cépticos resistem. Mas isto sem vacina não vai lá. Acelerem a vacinação e muito, senão dá torto. É que estão uns dias bonitos, e a sombra da Covid não se vê. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais