Instantâneos ou quase (67)
António José Vilela Diretor-adjunto
20 de novembro

Instantâneos ou quase (67)

A reação da líder do PAN às notícias que a associam a empresas e agricultura intensiva lembrou-me a reação também tonta de uma assessora do PAN quando a SÁBADO entrevistou Inês Sousa Real. A assessora queixou-se por escrito do "tom da entrevista".

Tão óbvio
Já repararam num pequeno pormenor? Estão a crescer os preços dos materiais de construção, dos imóveis, dos projetos, faltam trabalhadores, mas os seus salários não crescem. Aliás, os salários só crescem pelo arrastamento do salário mínimo.

Viva o PAN
A reação da líder do PAN às notícias que a associam a empresas e agricultura intensiva lembrou-me a reação também tonta de uma assessora do PAN quando a SÁBADO entrevistou Inês Sousa Real. A assessora queixou-se por escrito do "tom da entrevista".

Haja dignidade
O problema das juntas médicas não é de agora. Doentes e familiares são tratados há largos anos com desprezo e incúria por quem deveria ser o primeiro a velar pelos direitos de quem já está muito fragilizado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Opinião Ver mais