EUA

Trump ignora ataque racista que matou dois americanos

Susana Lúcio 29 de maio de 2017

Milhares de pessoas exigem que o Presidente norte-americano, Donald Trump, preste homenagem aos homens que morreram a defender duas adolescentes muçulmanas

Dois dias depois de um veterano de guerra e um estudante universitário terem sido assassinados num comboio quando defendiam duas adolescentes de um ataque racista em Portland, Oregon, o Presidente norte-americano escreve tweets sobre notícias falsas.

Milhares de pessoas usaram as redes sociais para exigir que Donald Trump preste homenagem a Ricky John Best, de 51 anos, e Taliesin Myrddin Namkai-Meche, de 23 anos, que na passada sexta-feira, morreram esfaqueados quando tentavam defender duas adolescentes muçulmanas que estavam a ser alvo de insultos e ameaças racistas por parte de um homem, no interior de um comboio.  

A mãe de Taliesin Myrddin Namkai-Meche despediu-se do filho no Facebook.
 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais