Manifestações de apoio a Bolsonaro em onze estados brasileiros

Lusa 26 de maio de 2019
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 21 a 27 de janeiro
As mais lidas

Os grupos que convocaram as manifestações deste domingo defendiam inicialmente ideias polémicas como o encerramento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Manifestações de apoio ao Governo do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, acontecem hoje em pelo menos onze estados e 33 cidades do país, segundo contagem divulgada pela imprensa local.

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Bolsonaro visita Israel mas ignora convite para ir à Palestina
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Bolsonaro visita Israel mas ignora convite para ir à Palestina

Manifestações de apoio ao Governo do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, acontecem hoje em pelo menos onze estados e 33 cidades do país, segundo contagem divulgada pela imprensa local.

Organizados por grupos de direita, os atos foram inicialmente planeados como uma resposta aos protestos contra o bloqueio das verbas para a Educação, que foi anunciado pelo Governo brasileiro e levaram milhares de estudantes e professores às ruas, em mais de 170 cidades do país, no passado dia 15.

Os grupos que convocaram as manifestações deste domingo defendiam inicialmente ideias polémicas como o encerramento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os organizadores, no entanto, mudaram a sua agenda e anunciaram que os atos são uma defesa do Presidente Bolsonaro, que tem sofrido sucessivas derrotas em votações do Congresso, e das medidas apresentadas pelo seu Governo, como a reforma do sistema de pagamento de pensões e o chamado "pacote anticrime".

No Rio de Janeiro, o protesto ocorreu na Avenida Atlântica, na orla da praia de Copacabana. Imagens divulgas pela imprensa local mostraram os manifestantes usando roupas de cor verde e amarela, carregando bandeiras do Brasil e cartazes com frases de apoio a Bolsonaro.

O mesmo aconteceu em Brasília, onde os apoiantes se concentraram em frente ao Museu da República, na região central da cidade desde às 9h00 (13h00 em Lisboa).

Também há registo de protestos nas cidades da Bahia, Alagoas, Pernambuco, Pará, Minas Gerais, Maranhão, Mato Grosso, Paraná e no Estado de São Paulo, onde se espera que a capital registe a maior concentração de apoiantes do Governo brasileiro, a partir das 14h00 (18h00 em Lisboa).

O Presidente do Brasil, embora tenha dito que não iria participar nestas manifestações, fez três publicações relacionadas com elas, nas redes sociais.

No Twitter, publicou vídeos com imagens das concentrações de apoio ao seu Governo nas cidades de Juiz de Fora, em Minas Gerais, do Rio de Janeiro e de São Luís, capital do Maranhão.

Nestes vídeos, feitos por apoiantes do Presidente brasileiro, é possível ouvir discursos contra o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, exaltações ao Presidente Bolsonaro e ao tema de campanha dele "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos".

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana.
Boas leituras!
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais