Seis bons livros, só uma ficção

Nesta seleção de novidades literárias, o crítico privilegia os ensaios e os relatos biográficos, mas destaca também o romance da israelita Zeruya Shalev, O Que Resta da Nossa Vida.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 24 a 30 de junho
As mais lidas GPS
Eduardo Pitta 07 de junho
A autora e filósofa americana Judith Butler.
A autora e filósofa americana Judith Butler.

Os Indefetíveis de Patricia Highsmith (1921-1995) dispõem agora, não de um novo thriller, mas do ensaio Suspense ou a Arte da Ficção. Mais do que um manual de escrita criativa, trata-se de um companion da obra. Publicado em 1966, quando era já uma escritora consagrada (o seu alter ego, Ripley "nasceu" em 1955), Highsmith fez em 1981 uma edição revista e alargada, agora traduzida. Filha de um casal de artistas que se divorciou antes do seu nascimento, Highsmith foi uma vítima da depressão e do álcool e uma mulher socialmente inadaptada que criou uma das obras literárias mais consistentes do século XX. Preciosa, esta tese sobre a arte da ficção.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)