Lucros do BCP recuam para 146,3 milhões até setembro

Jornal de Negócios 29 de outubro de 2020

O banco liderado por Miguel Maya baixou os lucros em 45,9% mas superou as previsões dos analistas.

O BCP obteve lucros de 146,3 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. Um resultado que representa uma queda de 45,9% face ao mesmo período do ano passado, refere o banco em comunicado à CMVM

Os analistas do CaixaBank BPI previam lucros acumulados de 137 milhões de euros, ou seja, menos 50% em comparação com o período homólogo. Já para o terceiro trimestre, estimavam uma descida de 40% para os 60 milhões de euros.

"O resultado líquido consolidado do Millennium bcp cifrou-se em 146,3 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2020, que compara com 270,3 milhões de euros alcançados no período homólogo do ano anterior, encontrando-se esta evolução fortemente condicionada pelo impacto decorrente da pandemia provocada pela covid-19", refere o banco. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais