Inflação em Portugal desce para 0,1%. É o valor mais baixo do euro

Jornal de Negócios 31 de março de 2020

O crescimento dos preços em Portugal abrandou pelo segundo mês consecutivo e está de novo próximo da estagnação. Na Zona Euro, a subida também desacelerou fortemente em março.

O crescimento dos preços em Portugal voltou a abrandar em março, sobretudo devido à quebra verificada nos produtos energéticos, que refletem a descida das cotações do petróleo nos mercados internacionais.

Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), revelados esta terça-feira, 31 de março, a variação homóloga do índice de preços no consumidor (IPC), caiu de 0,4%, em fevereiro, para apenas 0,1%, em março, confirmando a inversão da tendência de subida que se verificava desde o verão do ano passado.

Depois de ter atingido os 0,8%, em janeiro – o valor mais alto desde abril de 2019 – a taxa de inflação em Portugal recuou para 0,4% em fevereiro e agora para os 0,1% em março.  

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais