Portugal pode ser atingido por destroços da estação espacial chinesa

Diogo Camilo com Leonor Riso 29 de março de 2018

Satélite Tiangong-1 vai cair na Terra entre esta quinta-feira e 9 de Abril mas ainda não se sabe exactamente onde. Portugal poderá ser atingido pelos destroços.

A 4 de Outubro de 1957 acontecera o lançamento do primeiro satélite artificial da Terra. Sputnik I foi enviado pela União Soviética e orbitou o planeta durante 22 dias antes de se incendiar ao reentrar na atmosfera. Hoje, mais de 60 anos depois, 7500 toneladas de lixo espacial estão distribuídas pelo espaço, bem como lixo de tecnologia humana que ameaça satélites e até a vida humana.

Um desses exemplos é a estação espacial chinesa Tiangong-1, que irá cair na Terra entre esta quinta-feira e 9 de Abril, segundo informações divulgadas pela Agência Espacial Europeia (ESA). O Departamento de Detritos Espaciais da ESA, que está a monitorizar a estação, anunciou que, de acordo com as estimativas, o satélite deverá reentrar na atmosfera durante o próximo fim-de-semana (31 de Março e 1 e Abril).

A Tiangong-1 foi lançada a 29 de Setembro de 2011, tentando impulsionar a China para os níveis de uma super-potência espacial. No entanto, no ano passado as autoridades chinesas alertaram que teriam perdido o controlo sobre o satélite. Por ser impossível de controlar as suas comunicações, a estação espacial estará entregue às forças atmosféricas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais