Microplásticos detetados em placentas humanas

Microplásticos detetados em placentas humanas
Ana Bela Ferreira 23 de dezembro de 2020

Apesar de ainda não serem conhecidos os efeitos dos microplásticos no corpo humano, os cientistas receiam que possam afetar o desenvolvimento do sistema imunitários dos fetos.

Pela primeira vez foram detetados microplásticos em placentas humanas. Uma descoberta que os cientistas classificaram como "muito preocupante".

As partículas foram encontradas nas placentas de quatro mulheres saudáveis que tiveram gravidezes normais e saudáveis. Mas os cientistas sublinham que ainda são desconhecidos os impactos dos microplásticos na saúde humana. E receiam que por estarem em contacto com fetos, possam interferir com a formação dos seus sistemas imunitários.

Estas partículas podem ter chegado às placentas por terem sido ingeridas ou inspiradas pelas mães. Apesar de só se ter analisado 4% de cada placenta, foram encontrados microplásticos azuis, vermelhos, laranja e rosa, num total de 12, refere o estudo publicado na revista científica Environment International.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais