Tribunal absolve chefe de estação por morte de mulher ao atravessar a ferrovia

CM 06 de dezembro de 2017

Renato Costa, no local em que se encontrava, não poderia ter visto a vítima a atravessar a linha.

Por Correio da Manhã

O tribunal de Baião absolveu esta quarta-feira o chefe da estação de Mosteirô, do crime de homicídio por negligência, considerando não provada a sua responsabilidade na morte de uma mulher que atravessava a via-férrea e foi colhida por um comboio.

De acordo com a sentença do tribunal de Baião, esta quarta-feira anunciada, o arguido Renato Costa, no local em que se encontrava, não poderia ter visto a vítima a atravessar a linha, antes de a composição retomar a marcha, por sua indicação.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login