PSA de Carlos Tavares dispara vendas na Europa à boleia da Opel

Negócios 17 de janeiro de 2019

O Grupo PSA (Peugeot, Citroën, DS e Opel/Vauxhall) registou uma subida de 32,8% nas vendas de ligeiros de passageiros na União Europeia (UE) no ano passado. O grupo francês liderado por Carlos Tavares beneficiou do crescimento de 157,3% nas vendas da Opel.

Por Pedro Curvelo - Jornal de Negócios

O Grupo PSA (Peugeot, Citroën, DS e Opel/Vauxhall) vendeu um total de 2.459.841 automóveis ligeiros de passageiros na União Europeia (UE) no ano passado, uma subida de 32,8%. O grupo francês liderado por Carlos Tavares (na foto) consolidou a segunda posição, apenas atrás do Grupo Volkswagen, impulsionado pelo crescimento de 157,3% nas vendas da Opel. Os dados são da Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA).

Após integrar a Opel/Vauxhall, em agosto de 2017, Carlos Tavares procedeu a uma estratégia agressiva de redução de custos e supressão de postos de trabalho. Na Alemanha, o CEO do Grupo PSA convenceu os sindicatos a aceitarem a eliminação de 3.700 empregos. Também as despesas de funcionamento sofreram cortes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui