Presidente ucraniano diz que encenação da morte de jornalista foi operação"brilhante"

CM 31 de maio de 2018

Petro Poroshenko recusa críticas dos que consideram atuação das secretas ucranianas como moralmente duvidosa.

Por Correio da Manhã

O Presidente da Ucrânia classificou esta quinta-feira como "brilhante" a operação dos serviços secretos do seu país para fingir o assassinato do jornalista opositor russo, Arkadi Bábchenko, enquanto surgem críticas em todo o mundo que questionam a moralidade desta atuação.

"Ontem, na televisão, foi possível ver o resultado de uma brilhante operação efetuada por heróis do Serviço de Segurança da Ucrânia", disse Petró Poroshenko num discurso transmitido pela televisão local.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login