PJ detém 11 empresários do Norte por suspeitas de burla, fraude e branqueamento

Negócios 30 de janeiro de 2019

Em comunicado, a PJ adianta que os 11 empresários são de diferentes ramos de atividade e são ainda suspeitos dos crimes de associação criminosa, branqueamento e falsificação de documentos.

Por Lusa - Jornal de Negócios

A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje 11 empresários na região Norte por suspeitas de crimes como fraude fiscal qualificada, burla tributária e fraude contra a Segurança Social, lesando o Estado em cerca de dois milhões de euros.

 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login