PCP critica acordo que amarra Reino Unido a políticas neoliberais e militaristas

Negócios 25 de novembro de 2018

O PCP disse este domingo que o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia visa amarrar aquele país às políticas europeias neoliberais e militaristas, temendo ainda que os direitos dos trabalhadores portugueses não estejam devidamente salvaguardados. 

Por Lusa - Jornal de Negócios

"Sendo um acordo de saída do Reino Unido da União Europeia e da sua relação futura, prevê que o Reino Unido esteja fora estando dentro, de alguma forma. Isto porque claramente fica amarrado a um conjunto de condicionantes e mesmo de políticas de teor neoliberal, securitário, militarista, que são, no fundo, as da União Europeia", defendeu João Ferreira.

 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login