Parlamento sueco adopta orçamento expansionista em plena crise política

Negócios 12 de dezembro de 2018

Mesmo sem ter conseguido formar um governo saído das eleições de Setembro, o parlamento sueco aprovou a proposta de orçamento expansionista feita pela oposição ao executivo ainda em funções. Orçamento corta impostos no valor de 1,94 mil milhões de euros.

Por David Santiago - Jornal de Negócios

O parlamento da Suécia aprovou esta quarta-feira, 12 de Dezembro, a proposta de orçamento feita pelos principais partidos do centro-direita: os Moderados, liderados por Ulf Kristersson (na foto), e os Democratas-Cristãos, que encabeçam a oposição. O orçamento aprovado é expansionista e inclui cortes de impostos no valor de cerca de 1,94 mil milhões de euros, a maior redução da carga fiscal desde 2007, refere a Bloomberg.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login