Líder do PCP diz que Governo quer "apeadeiro" e "aeroportozinho" no Montijo

Negócios 05 de janeiro de 2019

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, acusou hoje o Governo de pretender "um apeadeiro" e um "aeroportozinho" no Montijo para "beneficiar um grande grupo económico", considerando que, "nesta pressa" e "correria, até as questões ambientais vão".

Por Lusa - Jornal de Negócios

"Aquilo não vai ser um aeroporto, vai ser um apeadeiro para beneficiar um grande grupo económico, a Vinci francesa, em que fazem um aeroportozinho", quando o que o país precisa é de "um aeroporto maior, numa perspetiva de desenvolvimento económico", afirmou Jerónimo de Sousa.

No seu discurso num almoço convívio em Vidigueira (Beja) com militantes e apoiantes do PCP, o secretário-geral comunista criticou o Governo por ter privatizado a ANA – Aeroportos de Portugal: "Entregaram durante 50 anos a concessão a essa multinacional", a Vinci, que ficou dona "dessa gestão de todos os aeroportos do país" e "fazem um aeroportozinho ali no Montijo".

Segundo Jerónimo de Sousa, "agora, vem o Governo dizer, bom, não estudámos bem os impactos ambientais" e, apesar de "o problema" até não ser "esse, naturalmente, nesta pressa, nesta correria, até as questões ambientais vão".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login