Julgamento do processo 'Jogo Duplo' adiado devido à ausência de testemunha

CM 17 de setembro de 2018

Adiamento foi agendado para 01 de outubro, pelas 14h30, no mesmo Campus.

Por Correio da Manhã

O julgamento dos 27 arguidos no processo denominado de 'Jogo Duplo', relacionado com viciação de resultados de futebol, foi esta segunda-feira adiado devido à ausência justificada de uma testemunha no caso, com nova sessão agendada em 11 de outubro.

No Campus da Justiça, em Lisboa, o coletivo de juízes explicou aos arguidos presentes, entre os quais Carlos Silva, conhecido como 'Aranha' e elemento da claque Super Dragões, e Gustavo Oliveira, empresário, que a testemunha Samuel Correia, treinador adjunto do Leixões na época 2015/2016, faltou à sessão devido ao falecimento do pai.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login