Jorge Miranda defende que lobbying no Parlamento deve ser legalizado

Negócios 25 de novembro de 2018

Se existe, e todos sabem que existe, então que seja "institucionalizado". Em entrevista ao Negócios e à Antena 1, o constitucionalista diz que não lhe agradam os lobbies, mas defende que regulá-los traria mais transparência.

Por Rosário Lira - Jornal de Negócios

"Os lobbies não me agradam muito, mas talvez represente mais transparência haver lobbies institucionalizados". Jorge Miranda, constitucionalista e professor jubilado da Faculdade de Direito de Lisboa, acredita que "não podemos ignorar a realidade" e que a actividade do lobbying, que hoje em dia não está formalmente regulada, não só existe como está em plena execução.

 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login