Governo defende em Bruxelas metas obrigatórias e mais financiamento para auto-estradas de electricidade europeias

Negócios 09 de outubro de 2017

Além das metas vinculativas para a construção destas infra-estruturas, o Executivo de António Costa defende também que devem ser devidamente financiadas ao nível europeu para que Portugal e Espanha deixem de estar isolados energicamente.

Por André Cabrita-Mendes - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login