Fábricas da Alemanha recebem mais encomendas do que antes da crise

Negócios 06 de dezembro de 2017

Foi inesperado: a estimativa dos economistas era que houvesse uma quebra do indicador que mede as encomendas às fábricas germânicas. Mas houve uma subida. A terceira seguida.

Por Diogo Cavaleiro - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login