EUA consideram retirar tarifas à China para facilitar acordo

Negócios 18 de janeiro de 2019

Segundo o The Wall Street Journal, o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, já apresentou uma proposta para reduzir ou retirar as tarifas sobre as exportações chinesas para facilitar um acordo com Pequim.

Por Jornal Negócios - Jornal de Negócios

As autoridades norte-americanas estão a debater a possibilidade de reduzir ou mesmo retirar as tarifas impostas sobre as importações chinesas com o objetivo de facilitar um acordo com Pequim e promover reformas mais profundas por parte do Governo da China.

Segundo avança o The Wall Street Journal, o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, já apresentou uma proposta nesse sentido, para dar à China motivos para fazer concessões mais alargadas e ir ao encontro das pretensões dos Estados Unidos que dizem respeito não só às trocas comerciais, como também à propriedade intelectual, política industrial e segurança cibernética.

A publicação adianta, contudo, que a ideia enfrenta a resistência do Representante do Comércio dos Estados Unidos, Lighthizer, que considera que a retirada das tarifas poderá ser considerada um sinal de fraqueza por parte da maior economia do mundo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login