Estudo aponta para efeitos positivos da canábis na doença de Alzheimer

CM 23 de maio de 2016

Investigação foi financiada pelo Prémio Belard Santa Casa da Misericórdia.

Por Correio da Manhã

A canábis poderá melhorar o consumo de energia pelo cérebro, deficitário na doença de Alzheimer, de acordo com uma investigação internacional cujos autores procuram agora separar os efeitos positivos e negativos da substância.

"Alguns efeitos da canábis poderão melhorar o consumo de energia pelo cérebro, que se encontra deficitário na doença de Alzheimer", revela um estudo liderado pelos centros de Neurociências e Biologia Celular da (CNC) da Universidade de Coimbra (UC) e para a Investigação Biomédica em Doenças Neurodegenerativas de Espanha (Instituto Cajal), anunciou hoje a UC.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login