Draghi reage a críticas de Di Maio: credibilidade do BCE assenta na "independência"

Negócios 26 de outubro de 2018

Depois de Di Maio ter acusado o governador do BCE de "envenenar o clima" após este ter avisado Roma para não insistir no desafio às regras europeias, Mario Draghi vem esta sexta-feira defender que a independência dos bancos centrais deve ser protegida.

Por David Santiago - Jornal de Negócios

O italiano Mario Draghi deu sequência à troca de galhardetes com o vice-primeiro-ministro transalpino e líder do 5 Estrelas, Luigi Di Maio. O líder do Banco Central Europeu (BCE) defendeu esta sexta-feira, 26 de Outubro, a importância de assegurar a independência dos bancos centrais em relação aos governos nacionais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login