Condenado a 17 anos por matar colega de trabalho com uma faca

CM 05 de dezembro de 2016

O presidente do coletivo de juízes frisou que o motivo do crime foi "fútil".

Por Correio da Manhã

O homem que matou um colega de trabalho, ambos operários de construção civil, com três facadas, em agosto de 2015, no Porto, foi hoje condenado a 17 anos de prisão pelo Tribunal São João Novo.

O homicida ficou ainda obrigado a pagar uma indemnização de 330 mil euros à mulher e aos filhos da vítima mortal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login