China e EUA estão próximos de um acordo comercial

Negócios 03 de março de 2019

As negociações comerciais entre os dois países estão perto de fecharem, revela a imprensa internacional. A China terá feito concessões que parecem ir ao encontro das exigências dos EUA.

Por Negócios - Jornal de Negócios

Os EUA e a China estarão perto de terminar as negociações comerciais e porem fim à guerra que se iniciou no ano passado, com os dois países a imporem tarifas sobre as importações.

 

O Wall Street Journal diz que os dois países estão na fase final do acordo, com Pequim a oferecer redução de tarifas nos automóveis, produtos agrícolas, químicos, entre outros. E Washington estará preparado para levantar as sanções aplicadas no ano passado.

 

 Acordo contemplará ainda o compromisso da China de melhorar as práticas sobre os direitos de proteção da propriedade intelectual e a aumentar as compras de produtos chineses, adianta a Bloomberg, que cita duas fontes próximas do assunto.

 

Uma das questões que ainda estará a ser discutida é se o levantamento das tarifas impostas pelos EUA será imediato e transversal ou se será progressivo, de forma a dar tempo aos EUA para avaliarem se a China está a cumprir com o acordo alcançado, adianta a agência de informação.

 

Se se confirmar que as duas maiores economias fecham o acordo comercial, Donald Trump e Xi Jinping deverão encontrar-se numa cimeira a 27 de março, adianta o Wall Street Journal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login