CEO da Apple defende limites ao uso da tecnologia e diz que "não quer o sobrinho nas redes sociais"

Negócios 23 de janeiro de 2018

Depois de dois grandes accionistas da Apple terem demonstrado preocupações sobre a utilização dos produtos da marca feita pelos consumidores mais jovens, o próprio CEO da empresa defendeu publicamente a necessidade de colocar limites aos menores no que respeita ao uso da tecnologia.

Por Rita Faria - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui