Cartel de multinacionais manipulava concessão de obras do Mundial2014

CM 05 de dezembro de 2016

Integrava grandes grupos económicos como a Odebrecht, a Camargo Correa, a Queiroz Galvão e a OAS.

Por Correio da Manhã

A multinacional brasileira Andrade Gutierrez reconheceu ter participado num cartel para fraudar a atribuição de obras de construção ou renovação de, pelo menos, cinco estádios do Mundial2014 de futebol, anunciou esta segunda-feira o Conselho Administrativo do Conselho Económico (Cade).

"Existem indícios, segundo os quais as concessões de trabalhos para, pelo menos, cinco estádios do Mundial foram manipuladas por um cartel", informou hoje o Cade (organismo estatal que combate o monopólio na economia), com a qual a Andrade Gutierrez assinou um "acordo de clemência" para colaborar ativamente com a investigação.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login