Artur Trindade: Não há acordos com EDP "para além" do legislado

Negócios 30 de janeiro de 2019

O secretário de Estado da Energia de Passos Coelho, Artur Trindade, nega que tenham sido discutidos benefícios para os produtores de eletricidade em segredo, embora assuma a troca de cartas que não foram tornadas públicas.

Por Ana Oliveira - Jornal de Negócios

O secretário de Estado da Energia do Governo de Passos Coelho, Artur Trindade, afirma que, no período de renegociação dos Contratos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC) com a EDP, os acordos com a elétrica foram "feitos de boa fé" mas não existiu "nenhum contrato para além do que foi publicado na legislação", apesar da troca de correspondência de parte a parte que permitiu "tornar o acordo mais claro".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login