55 voos aterraram com vento excessivo na Madeira

CM 12 de agosto de 2017

Pilotos violaram as restrições impostas pela autoridade nacional.

Por Correio da Manhã

Desde o início do ano, 55 voos comerciais aterraram no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo com vento acima dos limites máximos estabelecidos pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), violando as restrições impostas pelo regulador nacional do setor.

Mesmo após terem sido informados pelos controladores aéreos de que o vento estava para lá dos limites estabelecidos, os pilotos comandantes tomaram a decisão de aterrarem no aeroporto.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui