300 milhões de crianças respiram ar altamente poluído

CM 31 de outubro de 2016

Agência da ONU nota que as crianças são mais suscetíveis do que os adultos à poluição.

Por Correio da Manhã

Cerca de 300 milhões de crianças em todo o mundo respiram um ar tão poluído que podem sofrer danos físicos, incluindo no cérebro em desenvolvimento, alerta um estudo da Unicef esta segunda-feira divulgado.

Quase uma em cada sete crianças em todo o mundo respira um ar que é pelo menos seis vezes mais poluído do que as diretrizes internacionais, revela o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), que considera mesmo a poluição atmosférica como um dos principais fatores da mortalidade infantil.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login