Investigação. A morte rápida do Rio Mira
01 de novembroPaulo Barriga

Investigação. A morte rápida do Rio Mira

Anos seguidos de seca, uma barragem que perde 40% da água, enormes eucaliptais e áreas de rega que não param de crescer – assim desaparece a água ao longo de 140 km.

Brückner, um suspeito quase perfeito
07 de outubroTiago Carrasco na Alemanha

Brückner, um suspeito quase perfeito

Em Maddie: Basta de Mentiras!, o ex-inspetor da Polícia Judiciária denuncia contradições entre testemunhas e conclusões forçadas no processo contra Christian Brückner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann. A Procuradoria alemã diz que o está a investigar por quatro crimes sexuais cometidos em Portugal. Um deles é o de Maddie.

84 coisas para ver, fazer e provar no Alentejo, do litoral ao Alqueva
13 de agostoFilipa Teixeira

84 coisas para ver, fazer e provar no Alentejo, do litoral ao Alqueva

Sem perdermos as praias de vista, mergulhámos no Alentejo profundo. Chegados ao coração desta região, a poucas horas de Lisboa, encontrámos as belas aldeias ribeirinhas do Alqueva. Se na costa alentejana ainda há segredos por descobrir, imagine o que outros caminhos lhe podem mostrar. Partimos rumo ao interior.

O grande cartão vermelho

São já meia centena os processos que visam o futebol, mas os que podem doer aos clientes que se seguem, de Vieira a Pinto da Costa, são os que estão na mão do procurador Rosário Teixeira e do inspetor tributário Paulo Silva.

A paródia do Zmar e os direitos humanos

Com a queda do BES, em 2014, o Novo Banco vendeu o Zmar por tuta e meia a um fundo-abutre e, agora, na insolvência, trava-se uma guerra de gente da mesma extração, basicamente vampiros de dinheiro fácil, gerado e pago pelo suor alheio. Têm pena dos senhores do Zmar? Eu não tenho.

O que é que não viram em Odemira?

O cultivo de frutos vermelhos em estufas tem vindo a provocar um grave dano ambiental, a impor um modelo económico centrado exclusivamente na ganância das empresas produtoras, das de angariação de trabalho e de prestação de serviços, quase todas com sede fora dos concelhos onde laboram.

Bienal de Coimbra assume-se como hino ao inconformismo
27 de dezembro de 2019Rui Avelar

Bienal de Coimbra assume-se como hino ao inconformismo

A terceira edição da Anozero – Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra encerra no domingo. "Não acho que a arte seja oposta à ciência – a arte faz perguntar e da ciência esperam-se respostas", diz curador.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana