Nunca houve tão poucas crianças em famílias de acolhimento

Nunca houve tão poucas crianças em famílias de acolhimento
Leonor Riso 06 de março de 2018

Entre os 261 meninos que viviam com famílias em 2016, 18 tinham até cinco anos. Famílias de acolhimento têm poucos direitos.

No ano passado, só 261 das 8175 crianças à guarda do Estado viviam com famílias de acolhimento. As restantes estavam institucionalizadas. Apesar de a lei preferir que a criança viva com uma família em vez de numa instituição, as condições oferecidas a quem se oferece para acolher (situação em que a criança vive com uma família até os pais biológicos poderem voltar a recebê-la, ou enquanto não se decide a adopção) são muito más.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais