Lidl retira orégãos perigosos para a saúde

Correio da Manhã 29 de janeiro de 2020

Componentes podem causar intoxicações. Os produtos contaminados integram três dos lotes entregues pela fornecedora.

A marca alemã Lidl anunciou esta terça-feira a retirada de venda dos orégãos picados Kania (7,5 gramas) por estes representarem riscos para a saúde dos consumidores. 

Um comunicado publicado no site oficial da rede de supermercados explicou que, durante análises de monitorização ao produto, foram reveladas elevadas componentes de alcalóides e pirrolidizina nos orégãos picados desta marca. 

Estas duas componentes podem causar futuras intoxicações, bem como danos moderados a severos no fígado, dos consumidores. Por este motivo a marca apela ao não consumo deste condimento alimentar e à sua imediata devolução. 

Os produtos contaminados integram três dos lotes entregues pela fornecedora WEIAND GmbH, sendo eles LB91832, LA91832 e LC91834.

As embalagens de orégãos picados Kania em questão irão expirar em julho de 2022 porém, até lá, a empresa alemã espera que os consumidores se dirijam aos supermercados para devolver os produtos. 

Durante o comunicado, a empresa Lidl, assegurou o reembolso dos frascos devolvidos independentemente da posse do talão de compra ou falta dele.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais