Líderes políticos apelam ao voto à boca das urnas

Líderes políticos apelam ao voto à boca das urnas
Mariana Branco 26 de maio de 2019

Este domingo, cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados portugueses ao Parlamento Europeu. De António Costa a Assunção Cristas e Paulo Rangel, vários líderes políticos já exerceram o direito de voto - e todos apelaram à participação dos eleitores.

Este domingo, 26 de maio, cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados portugueses ao Parlamento Europeu, numas eleições a que concorrem 17 listas. De António Costa a Assunção Cristas e Paulo Rangel, vários líderes políticos já exerceram o direito de voto - e todos apelaram à participação dos eleitores.

A primeira líder política a votar foi Assunção CristasA presidente do CDS-PP votou na escola secundária de Miraflores, Oeiras, pouco depois das 9h00, e fez um apelo às pessoas para usarem este "dia maravilhoso para votar" nas eleições europeias. 

"Sabemos que é uma eleição difícil, normalmente com elevada abstenção, mas o dia está bonito, pode-se ir à praia depois de votar. É importante, sobretudo quando se decidem questões tão revelantes a nível mundial, que a União Europeia seja forte", disse aos jornalistas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais