Falta de pagamento leva livreiros a recusar vouchers de livros gratuitos

Cátia Andrea Costa 21 de agosto de 2019

Ministério da Educação diz que os pagamentos estão a ser feitos "dentro dos prazos", mas muitos vendedores garantem que ainda não receberam dinheiro nenhum.

Há livreiros que não estão a aceitar encomendas de manuais escolares porque, acusam, ainda não receberam os reembolsos do Ministério da EducaçãoOs vouchers para entrega de manuais escolares gratuitos abragem agora todos os alunos até ao 12º ano, num custo de 145 milhões de euros. Ao contrário dos anos anteriores, o pagamento do processo passou a ser feito pelo Instituto de Gestão Financeira da Educação, que prometeu pagar em 15 dias.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais