A aventura no Seixal
Rui Miguel Tovar Jornalista
23 de fevereiro de 2019

A aventura no Seixal

Bruno Lage tem números de respeito ao serviço do Benfica B nas 13 primeiras jornadas da II Liga

Paços de Ferreira, 30 pontos. Famalicão, 27. Benfica B, também 27. No fim de semana de 22 e 23 de dezembro de 2018, os três primeiros classificados da II Liga estão separados por três pontos. À distância de uma vitória, portanto. Se o Paços é um líder óbvio, por força institucional e financeira mais o carisma do treinador Vítor Oliveira, e o Famalicão é um candidato aceitável pela injeção de dinheiro por parte do israelita Idon Offer a meias com a Gestifute, já o terceiro lugar do Benfica B é obra. Que não do acaso, e sim do trabalho. De Bruno Lage, o mestre de cerimónias.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Opinião Ver mais