Ironias da vida
João Pereira Coutinho Politólogo, escritor
03 de dezembro de 2021

Ironias da vida

Especialistas diversos garantem que as variantes não vão ficar por aqui e culpam os países ricos pela corda com que se podem enforcar: o açambarcamento de vacinas pelo Ocidente transformou África num continente indefeso – e num viveiro de novas variantes.

SERÁ QUE A VITÓRIA DE RUI RIO no PSD pode ser uma vitória para a “direita”? A exacta “direita” que ele tanto despreza?

À primeira vista, não: o “voto útil” terá uma palavra decisiva nas eleições de Janeiro, dizem os especialistas. A contenda será entre PS e PSD; as esquerdas e as direitas farão papel de figurantes – e até António Costa, na reacção às eleições internas dos social-democratas, veio subscrever essa tese, que tanto lhe convém.

Admito que sim. Mas este raciocínio, para ser plenamente válido, implicava uma premissa diferente: que o PSD fosse mesmo uma alternativa ao PS. Ou, trocado por miúdos, que Rui Rio não estivesse tão “disponível” para entendimentos de vária ordem com António Costa.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Opinião Ver mais