A armadilha de André Ventura
A Direção
13 de janeiro

A armadilha de André Ventura

Excluir os eleitores de Ventura é confirmar a narrativa de que as elites não ouvem o “povo” e têm medo de conversar com eles, porque falam dos verdadeiros problemas.

Dois anos depois de André Ventura ter sido eleito para a Assembleia da República, o País parece continuar sem saber lidar com a retórica inflamada do deputado único do Chega e a cair na armadilha por ele sucessivamente lançada. Uma e outra vez. De tal forma que além de condicionar o debate mediático, Ventura passou também a dominar o próprio debate político.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Tópicos Editorial 924