Líder de partido israelita de extrema-direita proibido de ir a eleições

Líder de partido israelita de extrema-direita proibido de ir a eleições
Mariana Branco 18 de março de 2019

Michael Ben-Ari foi proibido pelo Supremo Tribunal de participar nas eleições legislativas marcadas para abril por acusações de "incitamento ao racismo" e defesa da "negação violenta de direitos da população árabe" em Israel.

Michael Ben-Ari, líder do partido de extrema-direita Otzma Yehudit (Poder Judeu) foi proibido pelo Supremo Tribunal israelita de participar nas eleições legislativas marcadas para abril. Segundo a Al Jazeera, em causa estão acusações de "incitamento ao racismo" e de defesa da "negação violenta de direitos da população árabe" em Israel.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais