Estudante libertado pela Coreia do Norte com lesões neurológicas

Estudante libertado pela Coreia do Norte com lesões neurológicas
Susana Lúcio 15 de junho de 2017

Otto Warmbier chegou aos Estado Unidos em coma, dezoito meses depois de ter sido condenado a 15 anos de trabalhos forçados pelo regime de Pyongyang


Dezoito meses depois de ter sido condenado a 15 anos de trabalhos forçados na Coreia do Norte, Otto Warmbier entrou em coma e foi libertado por Pyongyang, que alegou razões humanitárias.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais