Covid-19: União Europeia apela à utilização voluntária de aplicações de rastreio

Covid-19: União Europeia apela à utilização voluntária de aplicações de rastreio
Diogo Barreto 13 de maio de 2020

A Comissão Europeia diz que governos não devem tornar as aplicações de rastreio obrigatórias, mas que as pessoas devem aderir a elas voluntariamente.

A Comissão Europeia pediu aos líderes dos governos europeus que utilizassem aplicações de rastreio de contactos de covid-19, à semelhança do que está a acontecer em vários países asiáticos. A instituição diz que essa utilização não deve ser imposta aos cidadãos, mas sim que estes se proponham a fazê-lo de forma voluntária, de forma a diminuir os riscos de contágio numa altura em que se começa a observar algum desconfinamento. 

Os países estão a testar diversas aplicações para serem usadas nos telemóveis que ajudem a rastrear o percurso das pessoas. A Comissão Europeia, num comunicado citado pela Reuters, exige que o uso destas aplicações seja voluntário, impedindo que os países ordenem o uso massificado, em respeito pelas liberdades individuais dos cidadãos. 

"As aplicações de rastreio devem ser voluntárias, transparents, temporárias, seguras, usarem dados anonimizados, devem recorrer a tecnologia Bluetooth e devem poder ser acedidas além fronteiras independentemente do sistema operativo", refere o dito comunicado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais