Entrevista

Anousheh Ansari: "A viagem custou 20 milhões de dólares, mas eu estava disposta a dar a minha vida para ir ao Espaço"

Anousheh Ansari: 'A viagem custou 20 milhões de dólares, mas eu estava disposta a dar a minha vida para ir ao Espaço'
Lucília Galha 08 de julho
Biografia Nome:

Anousheh Ansari

Cargo:

Presidente da empresa Prodea Systems e a primeira mulher turista espacial

Nascimento:

12 de setembro de 1966

Nacionalidade:

Iraniana

Anousheh Ansari foi a primeira mulher a pagar uma viagem até à Estação Espacial Internacional. Nasceu no Irão, emigrou para os Estados Unidos, fundou uma empresa com o marido e depois vendeu-a para ter dinheiro para concretizar o seu sonho de criança. Em 2006, conseguiu.

Quando se apaixonou pelo espaço ainda nem sabia falar inglês. Vivia em Mashhad, a cidade iraniana onde nasceu, e acreditava que, quando crescesse, existiriam naves estelares como a do Star Trek, assim como federações de planetas – e ela faria parte disso. Não foi exatamente isso que aconteceu, mas Anousheh Ansari – a tal menina iraniana que aos 18 anos emigrou para os Estados Unidos com a família e se formou em Engenharia Eletrotécnica – conseguiu ser a primeira muçulmana a viajar para o espaço, assim como a primeira mulher turista espacial.

De passagem por Lisboa, por ocasião da Glex Summit, uma cimeira sobre exploração e ciência que reúne alguns dos principais exploradores, astronautas e cientistas de todo o mundo, falou com a SÁBADO. A engenheira de 54 anos – que atualmente é também a presidente da empresa Prodea Systems (que se foca na chamada Internet das Coisas) – admite que no espaço se sentiu em casa e que se houvesse uma oportunidade de voltar, iria "num piscar de olhos".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)